RELEASE

Circo Motel segue divulgação de “auê”, seu segundo álbum

Após shows elogiados no Sesc Pompeia, no Z Carniceria e em diversos palcos paulistanos, banda se prepara para lançamento no Rio de Janeiro e primeiro videoclipe

Foi de mãos dadas com o suingue do velho funk e do soul que o Circo Motel criou “auê”. “Rock soul tropical”, disseram os jornais sobre o novo disco.

É essa reconhecida algazarra que o grupo leva no início do ano para o Rio de Janeiro, onde promoverá um lançaamento carioca de seu segundo álbum.

Os próximos passos do agora septeto incluem o primeiro videoclipe do “auê” e um show especial para lançar o compacto com versões dubwise de Victor Rice.

Produzido por Cris Scabello, do Bixiga 70, “auê” foi gravado no estúdio Traquitana, mixado por Victor Rice no Studio Copan e masterizado por Fernando Sanches no El Rocha.

Saiu em abril pelo selo Traquitana Music nas plataformas digitais e em CD e vinil, além de um compacto com dubwises exclusivos por Victor Rice, previsto ainda para o segundo semestre.

O disco é fruto de rasteiras e gozos da vida e de mergulho em tudo que faça dançar. Uma leitura de heranças boas: psicodelia, negritude, contratempo.

“Feijoada”, o primeiro single, ganhou versão ao vivo no terraço do CCSP para o canal europeu BalconyTV.

O primeiro clipe deve ser lançado em novembro.


rock + soul + tropical =

O Circo Motel é Felipe Seabra (baixo), Rafael Charnet (guitarra), Rafael Gregorio (voz),
Rodrigo Machado (guitarra) Thiago Coiote ( bateria).

Nas 11 faixas de “auê” – assim, em minúsculas –, a banda é também Décio 7 (percussão) e Maurício Fleury (teclas), do Bixiga 70, além de Lucas Joly (trompete), Jorge Cirillo (saxofone), Ademílson “Guarú” (trombone) e Rafael “Chicão” Montorfano (teclas).

O grupo lançou o álbum em abril, no Sesc Pompeia, no Projeto Plataforma, e contou com a participação do paraense Saulo Duarte. Em julho, foi a vez do vinil da obra ser lançado no palco do Z Carniceria.

Parte dos custos do trabalho foi financiada em campanha no Catarse e premiou amigos e admiradores com download imediato do disco e recompensas como CD, vinil, camiseta e compacto com versões dub de duas canções por Victor Rice.

Antes de viajar na obra de ícones do soul e do funk, como Otis Redding, Wilson Pickett e o brasileiro Marku Ribas, o grupo lançou o álbum “Sobre Coiotes e Pássaros”, em 2011.
O trabalho foi exibido em palcos como a choperia do Sesc Pompeia, na série Prata da Casa. Em 2009, ano de sua formação, a banda lançou EP homônimo.

CLIPPING

clique aqui para baixar o press kit.


contato para imprensa:

flora miguel

floracmiguel@gmail.com

+ 55 11 95323-2999